Domingo, 7 de Fevereiro de 2010

Dia de S. Nunca

 

Os olhares de gozo magoavam-me. Por vezes faziam-me sentir tão pequena, mas tão pequena, como se fosse do tamanho de uma pequena formiga indefesa…

- Se pensas que algum dia vais ser promovida, esquece lá isso! Só vais ser promovida no dia de s. Nunca à tarde!

Eu bem os ouvia a falarem assim uns para os outros, mas eu sabia que era para mim que falavam. Eram dissimulados mas não o suficiente. Conseguia perceber perfeitamente que queriam que eu ouvisse. Que me eram dirigidas sem no entanto o admitirem.

Depois eu sentava-me na minha pequena secretária, rodeada por outras pequenas secretárias, onde esses mesmos colegas se sentavam, olhando-me, controlando-me, humilhando-me com risos escarninhos e piadas estúpidas.

A noite as suas palavras e risos maus continuavam a ecoar na minha cabeça uma vez e outra, uma vez e outra, até que entravam pelos meus pesadelos dentro acompanhando-me pelo resto da noite. Depois de manha tinha que lá voltar, à rotina, aos colegas. Aturar as caras de gozo, a maledicência, a rudeza daquela gente. Era um suplício. Era um sacrifício.

Era um sacrifício que se repetia uma vez e outra, uma vez e outra, semanas, meses, Outono, inverno…depois um dia aconteceu alguma coisa de estranho que ainda hoje não sei explicar…

Vinha a subir as escadas íngremes de acesso ao escritório quando algo me chamou a atenção. O calendário marcava 30 de Fevereiro! Na altura ia tão deprimida que apenas achei que era mais uma brincadeira parva dos meus colegas. Avancei até ao cimo das escadas e encontrei a telefonista, uma das línguas mais mordazes.

- Bom dia menina angélica.

Que espanto, ela nunca me tinha cumprimentado assim!

- Bom dia menina Angélica, como está?

Era o Filipe da contabilidade. Estão todos no gozo, pensei eu.

- Menina Angélica, bom dia. Quer que lhe leve o café ao seu gabinete já?

Os meus olhos esbugalhados e as minhas pernas bambas, não sabia o que pensar. Na minha frente estava o mesmo escritório de sempre, com as mesmas secretárias de sempre. No entanto algo tinha mudado. Havia algo de novo, uma luz diferente, um cheiro diferente. Avancei mais um pouco e cheguei perto da minha secretária. Estava limpa e sem um único papel. Também tinham desaparecido as fotografias dos meus sobrinhos, os meus lápis coloridos, a minha planta…

- Mas…. - Balbuciei.

- Menina Angélica, está tudo bem. Já deixei o café na secretária tal como gosta. Também deixei a ordem de trabalhos para hoje passada a limpo.

Sem perceber avancei atrás da Graça. Graça era uma mulher alta e cheia de si. Cabelos compridos loiros e pernas bem feitas faziam as delícias dos homens no escritório inteiro. Ela avançou bamboleante até a uma porta onde costuma estar o Dr. Ramos, chefe do departamento de recursos humanos. Na porta dizia angélica Sampaio em vez de Dr. António Ramos.

Não sei quanto tempo estive ali a olhar para aquela porta. Depois como um autómato dirigi-me à porta, abri-a. Lá dentro estava uma secretária enorme de madeira clara. Em cima as minhas fotos e a minha planta. Por trás uma enorme janela por onde entrava um sol fantástico de inverno.

Avancei e sentei-me na cadeira confortável. À minha frente o computador, ao lado os meus lápis e a canetas. Uma placa dizia: Angélica Sampaio - directora de recursos humanos

Olhei para os papéis a minha frente e comecei a ler a ordem de trabalhos.

 

1º Reestruturar escritório.

2º Promoções do pessoal administrativo e seus respectivos aumentos…

3º…   

 

Olhei pela janela e vi o céu azul. Sorri. Pela primeira vez estava a acontecer-me algo de bom. Pela primeira vez sentia-me tranquila. Pela primeira vez uma esperança brilhava no meu firmamento. Lembrei-me de todas as vezes que eles disseram que só seria promovida no dia de s. Nunca. Olhei para o calendário na secretária e lá estava marcado com um enorme círculo vermelho: 30 de Fevereiro.

 

Escrito por Cláudia Moreira para a Fábrica de Histórias

 

 

sinto-me: cheia de sono....
publicado por magnolia às 23:46
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De green.eyes a 8 de Fevereiro de 2010 às 12:44
Escreve e muito bem, como sempre ...

Boa semana
Beijinho
De magnolia a 8 de Fevereiro de 2010 às 22:37
obrigada minha querida!!! e obrigada por estares sempre aí, presente!!

um beijinho grande

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Encerrado

. I love books

. Viagem inesquecível

. Hoje...

. O último retrato

. Post-scriptum

. Isa

. Página em Branco

. Chama Solitária

. Não há amor como o primei...

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.Visitinhas

.mais visitinhas

.Quem por cá anda...:)

blogs SAPO

.subscrever feeds