Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Conversas no fim da vida..

IMAGEM RETIRADA DA NET

 

- Bom dia Tia Miquinhas!

- Bom dia Rosinha…

- Então Tia Miquinhas? Passou bem o dia?

- Nem por isso filha, nem por isso…

- Então que se passa? É o reumático outra vez?

- Oh, é a velhice, é o que é…

- Velhos são os trapos, é o que a minha avó me está sempre a dizer!

- Pois é…Da boca para fora é fácil, agora cá dentro….

- Mas você está aqui tão bem tratadinha, lareirinha acesa, comidinha boa… não a tratamos bem?

- Tratam sim, minha querida, não sou nenhuma ingrata. Mas se soubesses o que é estar para aqui sozinha, dia após dia, a olhar para o vazio da vida, só à espera da hora da morte…

- Então dona Miquinhas, que tristeza é essa?

- Não é nada…

- Vá lá, então? Não se vai por agora a chorar, vai?

- Isto já passa filha…

- Assim também vou chorar consigo…

- Tu não tens porque chorar Rosinha. Jovem, bonita, uma vida inteira pela frente…

- Você tem as mãos tão geladinhas, deixe que eu esfrego um bocadinho para as aquecer.

- Obrigada minha filha, se não fosses tu não sei o que seria de mim. Sabes, conto as horas, os minutos para te ver entrar ali por aquela porta… a solidão de um velho é uma coisa terrível…

- Eu compreendo isso, mas não se pode deixar abater. Vá lá. Vamos ao banhinho?

- Tenho tanto frio, ligas o aquecedor filha?

- Claro que sim, já está ligado. Isso mesmo, vamos lá tirar a roupinha, agora para dentro da banheira. Cuidado, veja lá, não vamos partir nada, que isso nesta idade custa muito a soldar!

- Nem digas uma coisa dessas Rosinha, que eu até ficava maluca da cabeça. Lembro-me tão bem de quando era nova, assim mais ou menos da tua idade, o que eu saltava, trabalhava, dançava nos bailes de domingo à tarde… e agora olha, nem me consigo lavar…

- Sabe, Dona Miquinhas, um dia vou ser eu a estar ai nesse lugar e espero que haja alguém que queira estar no que estou agora…

- Tu tens bom coração, não te vai faltar ajuda, Rosinha…

- Deus a ouça, Dona Miquinhas, Deus a ouça… Vamos vestir agora… dê lá um jeitinho ao braço. Isso mesmo.

- Ai ai ai….que me dói tanto a coluna. Não tarda vou acamar… Virás na mesma Rosinha?

- Mas isso lá é pergunta que se faça minha senhora? Ai, ai, ai, olhe que assim ofende-me…

- Não fiques zangada, mas eu só posso contar contigo e não sei como vai ser depois que precisar das fraldas e de que me metam a comida na boca…

- Vai ser como é agora. Eu venho cá fazer o que é preciso, dar o banho, dar de comer, tudo como até aqui.

- Obrigada Rosinha, obrigada querida. Se fosses minha neta não gostaria mais de ti…

- Eu também gosto muito de si Dona Miquinhas. Olhe aqui o jantar. Arroz de netos com um filetezinho que eu sei que adora!

- Cheira bem! Se souber bem como cheira…

- Pronto, agora tenho de ir que tenho a dona Mariazinha à espera. Depois deixe ai a louça que mais tarde passo aqui para a lavar!

- Esta bem filha, vai sossegada.

- Nada de sair daqui da beira da lareira, senão ainda apanha uma gripe e depois é que vão ser elas!

- Não saio daqui, prometo, vou ficar aqui entretida numa conversa com o meu falecido António…

- Até logo então Dona Miquinhas!

- Até logo Rosinha!

 

 

Texto de ficção para a Fábrica das Histórias por Cláudia Moreira

 

 

 

 

 

 

sinto-me: pensativa
publicado por magnolia às 14:36
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Ana C Nunes a 21 de Fevereiro de 2009 às 01:04
Está muito bem exposto e os diálogos estão super interessantes. Dá até pena da senhora, coitada, sozinha, como tantos idosos por aí fora.
De magnolia a 26 de Fevereiro de 2009 às 09:11
Obrigada pelo comentário! Fico feliz porque um diálogo é sempre dificil de escrever!

E desculpa resposta tardia, mas tenho estado ausente:)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Encerrado

. I love books

. Viagem inesquecível

. Hoje...

. O último retrato

. Post-scriptum

. Isa

. Página em Branco

. Chama Solitária

. Não há amor como o primei...

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.Visitinhas

.mais visitinhas

.Quem por cá anda...:)

blogs SAPO

.subscrever feeds