Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

Quando fiz sete anos...

Quando fiz sete anos o dia nasceu soalheiro apesar de estar no mês em que as folhas se tingem de mil cores e caem no chão, atapetando as estradas, os campos e os jardins. Mês em que uma brisa de Outono corre ao fim da tarde convidando a vestir um agasalho quentinho.

 

Era o meu primeiro dia de escola. E ainda por cima uma escola novinha em folha! Não tinha bancos, não tinha carteiras, não tinha livros nem lápis, mas estava cheia de meninos e meninas como eu, cheios de sonhos para cumprir! Não podia estar mais feliz!

 

Desde aquele ano que se tornou habito esperar ansiosamente pela escola e pelo meu aniversario ao mesmo tempo! Hoje os meninos começam a escola em Setembro, ainda é verão e não apetece ir a escola, mas naquela época começavam em Outubro e a vontade de rever os amigos, de estrear cadernos e jogar à macaca e ao lencinho era muito maior!

 

Lembro-me também, embora o tempo se tenha encarregado de esbater as lembranças, que quando cheguei a casa da minha avó ela tinha um lanche especial a minha espera: Broa quentinha para eu barrar com manteiga e ficar a vê-la derreter-se, preguiçosa, e depois deliciar-me com aquela gulodice maravilhosa!

 

À noite, já depois de anoitecer, a minha mãe chegou a casa e fizemos as duas o bolo de ovos. Naquela altura a família ainda era pequena, alem dos meus pais, só uma irmãzinha de um ano, que ainda não cantava, mas que bateu palmas com muita alegria ao ver a velinha a arder em cima do bolo!

 

Hoje sei que foi um aniversario pobre, com bolo feito em casa e sem amigos, sem festa,  sem balões mas também sei que tinha uma família que eu muito amava e que muito me amava e que tudo fez com muito carinho. Alem disso, penso eu hoje, tive o melhor presente que alguém pode ter: a escola juntamente com a promessa de aprender mil e uma coisas novas!

 

sinto-me: nostalgica
publicado por magnolia às 00:52
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Cris a 11 de Setembro de 2008 às 01:58
Temos, então, aniversário para breve! Verdade?

O teu texto está muito bonito... Estas recordações são o melhor presente de aniversário que a nossa memória nos pode legar...
E que bons tempos esses, em que a ida à escola era sempre um motivo de alegria, não só pelos amigos que (re)encontrávamos mas, sobretudo, pelas possibilidades, pelos horizontes que as novas aprendizagens nos proporcionavam...
Hoje os jovens vivem a escola como um castigo, uma pena, sentem-se vítimas e revoltam-se contra os melhores momentos que a vida tem a oferecer-lhes! Tenho muita pena que assim seja...

Já vou tão longa!...
Um beijinho
De magnolia a 11 de Setembro de 2008 às 23:59
Temos aniversário para 3 de Outubro.....:S Não é que me apeteça fazer anos nos dias que correm!! :-)

Ainda hoje estava a falar nisso com a minha mãe. Os miudos hoje tem demasiados interesses fora da escola e por isso se torna penoso para elas ficar lá fechados tanto tempo. Eu por mim, estava sempre super ansiosa que passassem as férias ou mesmo a noite!

Gosto quando vais longa:-)

Beiijnhos!
De me a 11 de Setembro de 2008 às 09:44
Fizeste-me lembrar-me da minha infância!
Eu costumava comer pão quente, acabadinho de fazer, com um pouco de azeite e sal! Hummm... era tão bom!
Pena que os nossos filhos, não venham a saber o que são as pequenas alegrias de ter um bolo "pobre" no aniversário! Tudo era muito menos de plástico!
Bjoquinhas
De magnolia a 12 de Setembro de 2008 às 00:01
É verdade, dantes tudo era mais autentico e mais apreciado...Hoje tem tanto que as pequenas coisas não significam nada...


Beijinhos
De inoutyou a 11 de Setembro de 2008 às 21:26
E como pergunta a "Cris", então temos aniversário para breve...?
Quanto ao teu texto, como te lembras tão bem de um passado já algo distante. Quanto a mim (também são mais anos de separação), a lembrança é muito ténue, mas recordo que me sentía muito tímido no meio de tantos alunos (da 1ª á 4ª classe). As meninas ficavam do outro lado da escola...
Penso que não tinha lá muita vontade de ir para a escola, e muito menos fazer os TPC. Só quando entrei no secundário, e já com noções do que quería fazer, é que ganhei mais gosto, e ainda bem....
Bjs
Alex
De magnolia a 12 de Setembro de 2008 às 00:03
Temos aniversário para o inicio de Outubro:-)

Lembro de muitas coisas....mas de muitas menos do que gostaria! Eu sempre adorei a escola, a professora, os livros, os amigos...:) tenho muitas lembranças boas da minha escolinha:) Pena que tive que abandonar cedo demais...mas é a vida!

Beijinhos
De agoradigoeu a 11 de Setembro de 2008 às 21:53
Olá Claudia,
As recordações e os sonhos das nossas infâncias.
Por tudo isso somos tão protectores e ansiosos com os nossos filhos e queremos ir tão longe...São o nosso único livro de instrucções...
E assim a vida acontece.
Não tens de estar nostalgica ou de outra forma menos boa, porque essas boas vivências tornaram-te muito melhor.
Obrigado por mais este bonito texto.
Continua...
De magnolia a 12 de Setembro de 2008 às 00:05
Obrigada Norberto:-)

Eu fico nostalgica mas feliz com estas lembranças. Tenho as negras, mas estas fazem parte das boas:-)

O nosso livro de instruçoes mais completo é o amor que lhe dedicamos...nao achas?

beijinhos
De agoradigoeu a 12 de Setembro de 2008 às 12:48
As flores só florescem com o amor que lhes damos.
Assim somos nós,
Assim são os nossos filhos.
O amor não se põe qb mas sim quanto mais melhor.
Um beijo
norberto
De Emanuela a 21 de Setembro de 2008 às 22:48
Oi Magnólia, muito bonito o teu post. Somos de um tempo muito parecido, embora em terras tão distantes...Meus aniversários, tinham no máximo um bolinho seco, mas eu percebia o amor que era posto neles.
Beijos
De magnolia a 22 de Setembro de 2008 às 14:11
Obrigada Emanuela:-) Apesar de tudo era um tempo bem mais lindo....

E obriigada tambem pela visita! :-)

Beijinhos!
De Veronik@ a 25 de Setembro de 2008 às 22:29
nao fiques triste!!

Vou aprender a fazer broa ... quentinha!!

Pro teu aniversario que está a chegar :

Prepara a manteigaaaaaaaaaaaa!!!
De magnolia a 26 de Setembro de 2008 às 09:27
Boa! Boa! Boa! Já fico a contar com isso! :-)
De propagandaearte a 7 de Outubro de 2008 às 23:22
É... Não tenho mais dúvidas. É uma escritora de nascença. Me fez lembrar direitinho do meu primeiro dia de aula. Cláudia (Não consigo mesmo te chamar de Magnólia. Sempre tento , mas não fico satisfeito), insista, invista nisso. Você consegue!
Agora mais do que nunca quero ver esse livro prontinho e com muita ilustrações super-bacanas.
Good Luck!!!
Um abraço do Marco!
:o)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Encerrado

. I love books

. Viagem inesquecível

. Hoje...

. O último retrato

. Post-scriptum

. Isa

. Página em Branco

. Chama Solitária

. Não há amor como o primei...

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.Visitinhas

.mais visitinhas

.Quem por cá anda...:)

blogs SAPO

.subscrever feeds